Caminhada para uma das mais belas vistas da cidade do Rio de Janeiro

Fernando de Noronha que cabe no bolso

Fernando de Noronha é, sem dúvida, um dos lugares mais bonitos do Brasil. Porém, em linha com seu sucesso, é também um dos destinos mais caros do país, tornando-se "inalcançável" para muitos brasileiros. Por isso, juntei aqui algumas dicas para quem sonha em conhecer a ilha, mas está com o orçamento apertado. Acredito que, seguindo essas dicas, dê para limitar o gasto em até R$ 260/dia (excluindo apenas a passagem aérea).


O que não dá para economizar? Bom, para começar, não dá para economizar na Taxa de Preservação Ambiental de R$ 51/dia p.p. Qualquer cálculo de quantos dias ficar em Noronha deve contar com esse valor por dia. O valor é pago no aeroporto assim que chega, então, não é preciso se preocupar, porém, a Carteirinha do Parque no valor de R$ 81 p.p., necessária para acessar diversas partes da ilha, é feita por conta própria em Noronha na sede do ICMbio. Lá há mapas à disposição e é também onde reserva a visita às piscinas naturais de Atalaia e de Abreus -- é preciso reservar com antecedência, pois depende da maré! As 2 piscinas são grátis (sendo necessário alugar colete, que é por volta de R$5). Há, porém, opção de fazer uma trilha após Atalaia, chamada de "Atalaia Longo" com guia. O passeio custa R$ 100 p.p. Se forem fazer esse passeio, recomendo a agência Caminhos de Noronha.


Buggy vale a pena? A ilha é pequena (de uma ponta a outra são só 17km) e circula um ônibus por R$3. Ou seja, dá para se virar sem buggy, mas é preciso levar em conta que tem muita coisa para fazer e vocês não vão querer perder tempo se locomovendo de um lugar para outro. Os buggys são em torno de R$150 a R$200 por dia. Eu consegui um por R$120 no aeroporto com o "China": não recomendo, o buggy era horrível e acabou quebrando. Outro valor que tem que se levar em conta é a gasolina que é nada menos que R$ 5,39/L. Para 1 semana recomenda-se colocar pelo menos 30L de gasolina, o que dá por volta de R$160. Um bom jeito de economizar, entretanto, é se programar com antecedência e não alugar Buggy para todos os dias, já que existem locais que o ônibus deixa bem perto e, além disso, a maioria dos passeios oferecem transfer que busca no hotel.


Como economizar na passagem aérea? Só existem voos da Gol e da Azul, que saem apenas de Recife e Natal. Normalmente o voo por Recife é mais barato, então, a dica é não comprar passagem da sua cidade direto para Noronha e ficar de olho nas promoções tanto Recife-Noronha como da sua cidade para Recife. Pela Gol, é possível conseguir passagem Rio-Recife por 5.000 milhas, por exemplo. E claro: as opções mais baratas serão fora dos meses de férias escolares e feriados.


A hospedagem mais barata? Fiquei no Flat do Índio por R$ 200/dia o quarto duplo. O lugar não oferece café da manhã mas, mesmo incorporando o valor gasto com a refeição, não há nenhuma opção por esse preço. Inclusive, uma agência local afirmou que o preço era imbatível. O Flat é bem simples e meu quarto tinha um cheiro forte no encanamento do banheiro, mas, como meu objetivo era economizar, ainda sim foi uma boa opção.


Dá para economizar na alimentação? Claro! Antes de ir para Noronha, as pessoas me aterrorizaram com a alimentação, mas lá também há opção em conta. O restaurante "Sabor Carioca" tem PF por R$ 30 p.p. É simples, mas a comida é muito gostosa e o peixe, pescado pelo dono, é super fresquinho. Se mesclar a refeição com Açaí/ Tapioca (tem o "Mundo Verde" e outros lugares mais simples) e com comidinhas do mercado local "Padaria Noronha" dá para economizar bem. Fiquem de olho, pois o supermercado Poty é o mais caro da ilha. Além disso, existem 3 postos para abastecer a garrafinha de água por um preço barato: praia do Sancho, Sueste e perto do Projeto Tamar.


Snorkel! Noronha é o melhor lugar do Brasil para mergulho, porém também muito caro (o valor da Noronha Divers, por exemplo, é R$ 420 p.p.). Logo, se você gosta de mergulhar, mas não quer (ou não tem como) gastar todo esse dinheiro, uma ótima opção é fazer Snorkel, pois como a visibilidade é boa, é possível ver muita vida marinha. E claro, é bom levar Snorkel de casa, pois alugar lá vai ser caro. Uma das melhores opções para fazer Snorkel é a Baía do Sueste, onde é obrigatório usar colete (R$3). Lá é bom chegar cedo, pois o estacionamento fica cheio. No local, vários guias oferecem “guiar” o passeio com boia por R$ 100 p.p. Não há necessidade nenhuma de ir com guia, a não ser que você tenha medo ou não saiba nadar.

Outro ótimo ponto para snorkel é o Porto: além de muita vida, tem um naufrágio perto da costa que dá para acessar nadando. Também é possível fazer Snorkel nas praias; as que fui e amei foram: Praias do Sancho, Cacimba do Padra, Baía dos Porcos e Praia da Conceição (do lado direito beirando a pedra). Finalmente, o Snorkel é imperdível nas Piscinas Naturais de Atalaia e Abreus (como disse antes, não esqueçam de fazer reserva no ICMbio assim que chegarem).


As espécies marinhas mais comuns de se ver por lá são tartarugas (tartaruga-verde e tartaruga-de-pente), arraias, tubarão (cações e lambarú), golfinho-rotador e diversos tipos de peixe, como moreias, sargentinho, ariquita, budião e borboleta. A melhor época para mergulho é setembro.


Outras dicas: Como já dizia a propaganda do MasterCard, "existem coisas que o dinheiro não paga" -- e ainda bem! O melhor de Noronha é de graça e super acessível, que são suas praias, paisagens e vida marinha. Além dos pontos de Snorkel que citei acima, e as mais diversas praias, existem vários mirantes espalhados pela ilha com vistas maravilhosas. Além disso, existem programas como ver tartarugas nascendo na Praia do Leão, acompanhar as coletas de tartaruga pela Tamar no Porto, ver o nascer do sol no Buraco da Raquel, e observar golfinhos na Baía dos Golfinhos (melhor horário: 6h30) e tubarões na Enseada dos Tubarões (maré cheia). Além disso, existem bares badalados para ver o pôr do sol, mas também é possível vê-lo nas próprias praias Cacimba do Padre, Praia do Bode, Praia da Conceição e no Forte do Boldró.

#Brasil #Praia #EcoturismoBrasil #Mergulho #FernandodeNoronha

Posts recentes

Parceiros