POST

Cartagena: dicas para não se decepcionar

Cartagena das Índias, localizada no litoral da Colômbia, está ficando cada vez mais famosa e procurada pelos brasileiros, que buscam relaxar em águas caribenhas a um preço mais acessível. De fato, é possível encontrar praias de areia branca e mar em tons de azul e verde, porém essas praias ficam bem distantes da cidade e a viagem de barco não é muito agradável. Por isso, para aproveitar ao máximo e não se decepcionar com alguns contra tempos, aqui vão algumas dicas. :)


1) Fuja da Playa Blanca

Essa praia é a mais popular, sem restrição no número de pessoas e acesso de barco barato. Sendo assim, é de se esperar uma praia muito cheia, o que atrai também muitos ambulantes. Não é necessariamente uma praia para curtir sossegadamente, mas se estiver por lá vale a pena uma massagem por um preço bem mais em conta que nas outras praias (lembrando que como quase tudo por lá, vale negociar pra chegar a um preço melhor).


2) Reserve as praias nas pequenas ilhas do Rosário com antecedência

A Ilha do Rosário é um arquipélado com diversas pequenas ilhas. Várias delas possuem hotel com estrutura para receber o público que quer passar um dia lá, com piscina, espreguiçadeiras, guarda sol, bar e atividades vendidas à parte. Os barcos para lá costumam sair perto das 9am e, se for em alta temporada, reserve pelo menos com 1 dia de antecedência, pois a quantidade de pessoas é limitada.


Obs: Lembrando que Cartagena não é como alguns destinos do Caribe que você acorda de frente para um mar azul turquesa e curte a praia despreocupadamente, na hora que quiser. Para passear nas praias precisará acordar cedo, pegar um barco por mais de 1h, esperar horário de retorno e encarar outra hora de volta.

3) Reserve um dia para curtir a cidade

Cartagena não é feita só de praias! Muito pelo contrário, o centrinho da cidade murada é super charmoso e vale reservar algumas horas para bater perna por lá sem compromisso e se perder pelas ruelinhas de casas coloridas, tomar um hielado e, para os mais destemidos, comer uma arepa na rua. Outro ponto que vale muito a visita é o Forte de San Felipe, que fica há uns 15 minutos a pé da entrada principal da cidade murada. Como citei, o passeio de barco até as praias é bem cansativo e o retorno costuma ser por voltas das 17h. Se deixar para fazer esses passeios pós-praia com pressa vai acabar perdendo o encanto da cidade. Também recomendo uma volta pelo bairro Getsemani, antigo bairro dos escravos, localizado ao lado da cidade murada. Cheio de cor e vida, tem um ar descontraído e leve.


4) Assista o pôr do sol no Café del Mar (ou ao lado dele)

O Café del Mar é um restaurante/bar/lounge super gostosinho localizado em cima da muralha, numa posição estratégica para apreciar o pôr do sol. Vale o programa de sentar lá por volta das 17h, pedir alguma coisa pra beber e ficar assistindo o céu trocar de cor. Porém, se a grana estiver curta, pode também ficar ao lado, na própria muralha, apreciando a mesma vista e bebendo uma Águila ou Colombia "gelada" de um abulante por quase metade do valor (não encontrei nenhuma cerveja estupidamente gelada na Colômbia)!

5) Curta o momento sem pressa

O povo colombiano é muito simpático, porém, serviço não é seu forte (pelo menos não foi na maioria dos lugares que estivemos). Não existe "lanche rapidinho" por lá (a não ser os vendedores de frutas e arepas da rua). Tudo costuma ser demorado e chegamos a ficar mais de uma hora para comer um crepe (delicioso, por sinal). Vá sem muita pressa, bata muito papo e chegue antes da fome apertar, assim não tem stress. :)


6) Faça um mergulho

Na época que estivemos por lá, estava ventando muito e teve uma frente fria que deixou o mar um pouco turvo, atrapalhando a visibilidade tão esperada em águas Caribenhas. Mesmo assim, conseguimos ver uma boa diversidade de peixes e nadar ao lado de lindos cardumes, com uma temperatura de água bem gostosa. Pelo que fiquei sabendo, é possível mergulhar o ano todo mas se puder, evite os meses de dezembro a fevereiro, que costumam ventar mais.


7) Se hospede dentro da cidade Murada ou perto dela

Basicamente tudo que há pra fazer na cidade está nessa região, inclusive o porto de onde saem os passeios de barco. As opções dentro da cidade são um pouco mais caras embora dê pra encontrar algo mais em conta em uma parte dela. Já em Getsemani, estão algumas opções de hoteis mais simples porém bem direitinhos e vários albergues e, você chega na cidade murada em 5min a pé. Já em Boca Grande, que é a parte mais moderna da cidade, estão os hoteis mais bacanas e de redes famosas porém, irá precisar de taxi.


8) Aproveite para conhecer Bogotá

Abra sua passagem e fique dois dias na capital da Colômbia. Pelo pouco tempo que tivemos, optamos por passear na região da Candelária, no Centro, que é onde está a Plaza Simon Bolivar, a Catedral, o museu do Ouro, de Botero e outros atrativos turísticos. Outra opção seria ir até a Catedral de Sal, que fica fora da cidade. Pra ser bem sincera, achei a programação de dia um pouco decepcionante, mas não quero ser injusta pois não sou uma apreciadora de cidades grandes nem museus de qualquer maneira.



E aproveite! Afinal, viajar é tudo de bom! :)


Lembrando que o Utópicos também é uma agência de viagens e conseguimos ótimos preços em passagens e hospedagens Mundo Afora. Solicite um orçamento sem compromisso aqui e ainda ganhe dicas no seu roteiro sem nenhum custo adicional.

#AméricadoSul #Colômbia #Praia #Mergulho

Posts recentes

Parceiros